CatégorieAtividades

NA PRIMEIRA PÁGINA: VISANDO MELHORAR A EFICÁCIA DOS COMITÉS DE COORDENAÇÃO NACIONAIS

N

A chave para combater eficazmente o branqueamento de capitais, o financiamento do terrorismo e a proliferação de armas de destruição maciça (LBC/FT/PADM) é assegurar uma coordenação nacional sólida. O Grupo Intergovernamental de Ação contra o Branqueamento de Capitais na África Ocidental (GIABA) e o projecto OCWAR-M estão a cooperar para reforçar esta coordenação através do apoio aos Estados na...

PAÍS DO MÊS: NIGÉRIA

P

 
 
Em entrevista com Mohammed Ahmed, Chefe de Gabinete do Director Geral da Unidade de Informação Financeira (UIF) da Nigéria, saiba mais sobre a composição e funcionamento do Comité de Coordenação Nacional da Nigéria. Ahmed fala-nos do trabalho do comité, dos desafios encontrados e da importância do atelier regional organizado conjuntamente pelo OCWAR-M e pelo GIABA.

NA PRIMEIRA PÁGINA : PRIMEIRA FORMAÇÃO DE JORNALISTAS DE INVESTIGAÇÃO EM PARCERIA COM A PPLAAF

N

 Os jornalistas de investigação desempenham um papel crucial na luta contra a criminalidade financeira: ao realizarem e publicarem investigações, informam o público em geral e ainda podem apoiar as autoridades judiciais, fornecendo-lhes informações de grande valor. Ciente da importância do papel dos jornalistas de investigação na LBC/FT, o projecto OCWAR-M organizou a sua primeira formação...

País do mês : GUINÉ-BISSAU

P

Nesta edição, o Sr. Justino Sá, Presidente da Unidade de Informação Financeira (UIF) da Guiné-Bissau, apresenta os riscos de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo no seu país, e o trabalho realizado pela UIF que gere face aos mesmos. Refere ainda o apoio do OCWAR-M à candidatura da UIF para integrar o Grupo Egmont. Poderia falar-nos dos riscos relacionados com a BC/FT na Guiné...

    Assine a nossa newsletter